Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » » » Luiz Gonzaga: Rei do Baião, Rei do Nordeste - parte 1

| Conheça esta grande figura da música brasileira nesta série da BLUEZinada! |

Luiz Gonzaga do Nascimento, o rei do nordeste brasileiro

Luiz Gonzaga: difícil seria a tarefa de encontrar algum brasileiro que nunca tenha ouvido esse nome ou não saiba do que se trata. Um dos artistas mais populares de toda a história da música popular brasileira, o pernambucano de Exu, na chapada do Araripe, nunca estudou de forma a tornar-se um personagem politizado e de satisfatório senso crítico nesta história, mas ainda assim conseguiu tornar-se um ícone, uma referência para muitos durante décadas e décadas. Enfrentou o mundo com a sede de ir sempre em frente que poucos teriam, ou melhor: muitos nordestinos tiveram e ainda têm quando deixam sua terra natal e migram para o sul/sudeste na esperança de lá conseguirem uma vida mais digna.

Gonzaga surgiu na mídia num momento em que se buscava uma identidade para o Brasil, e isso incluía eleger aquela que seria a “música genuinamente brasileira”. Enfrentou inúmeros preconceitos por parte dos figurões da ainda embrionária indústria fonográfica nacional, que ainda valorizavam os grandes cantores e seus vozeirões, como Nelson Gonçalves. Neste ambiente surgia o Baião, estilo musical totalmente desconhecido no ambiente urbano, inspirado nas danças folclóricas dos sertões nordestinos. Sucesso em todo o país, Luiz Gonzaga tornou-se a própria imagem do nordeste e do nordestino. Tornou-se o símbolo do autêntico brasileiro com sua “sanfona e simpatia” ímpares.

Após uma década de febre, o baião caiu no que se chamou de ostracismo, mas ainda habitava os corações que se identificavam com todo aquele universo promovido pelo velho Lua. Até que, no período da Tropicália ressurge como influência assumidamente indispensável à musicalidade de seus principais representantes. Na verdade o baião sempre esteve no imaginário popular desde sua explosão, em 1946, e continua até hoje ajudando a formar grandes personalidades do cenário artístico nacional, sobretudo entre os artistas nordestinos. 


O matuto realmente conseguiu conquistar o mundo e hoje é objeto de estudo em diversas academias respeitadíssimas Brasil afora. Artista de personalidade forte e carregado de grandes contradições e peculiaridades, tornou-se rei do Nordeste. Mesmo entre grupos radicais de adeptos a outros gêneros musicais conseguiu no mínimo um profundo respeito. É personagem de cordéis, objeto de culto e homenagens, sinônimo de boas recordações e inspirador de muita saudade e poesia.

Aqui buscamos, de forma mais simples e livre da densidade de muitas das obras a seu respeito, iniciar o processo de compreensão do fenômeno Luiz Gonzaga e seu legado enquanto Rei do Nordeste que se tornou, projetando-se juntamente às figuras do Padre Cícero e do cangaceiro Virgulino Lampião, como parte integrante da grande tríplice de personagens iconográficos mais sagrada da região nordeste do Brasil.





Clique no banner abaixo para acessar a página inicial da série:



...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Publicado por I. Malforea

BLUEZinada! é uma zine produzida pela Distintivo Blue e distribuída gratuitamente, desde 2011. Saiba mais sobre a banda:

Nenhum comentário

Comente aqui embaixo:

Leia!

Ouça!

Assista!

Cat-5

Cat-6