Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » » » » » Ladrões de Vinil: power trio rockabilly no sertão baiano


Em Vitória da Conquista, cidade-natal da Distintivo Blue e, consequentemente da própria BLUEZinada!, temos não só o som dos Joes ecoando pelo planalto: já falamos da Café com Blues e disponibilizamos seu único álbum para streaming e agora chega a vez do rockabilly autoral do sudoeste da Bahia: A Ladrões de Vinil é uma das bandas mais queridas e aclamadas de todos os tempos no cenário independente da região: os três malucos vestidos como presidiários ganhariam facilmente qualquer prêmio de performance ao vivo, já que seu show é intenso, divertido e contagiante do início ao fim.

A banda surgiu em 2006, quando o vocalista da banda anterior, Herdeiros do Tempo, saiu do projeto. O trio remanescente, formado por Loro Borges (guitarra), Dieguinho Andrade (baixo) e Ed Goma (bateria) buscou por um bom tempo alguém para substituí-lo, pensando numa figura feminina, mas ninguém adequado apareceu. Os ensaios continuaram e Loro assumiu os vocais, com o apoio dos demais fazendo os backing. A sintonia entre os três é admirável e conquista cada vez mais ladronetes, ladronildos ou, simplesmente, manolos (os fãs de carteirinha da banda) Brasil afora.

O power trio ainda traz uma interessante particularidade: a escolha e decisão do seu nome foi registrada publicamente em sua antiga comunidade no Orkut: após várias sugestões de fãs e amigos, surgiu "Ladrões de Vinis", quando um amigo aproveitou a ocasião para cobrar do baterista alguns vinis que havia lhe emprestado. Daí em diante o projeto tomou direção, assumindo um lado cômico e carismático, não só com a adoção do já citado figurino (com o "primeiro uniforme" preto e branco e o "segundo" preto e vermelho"), mas também na própria temática musical, com a faixa "O Misterioso Roubo dos Vinis", presente desde o CD-demo (2009) e que virou videoclipe em 2014.


A escolha do nome, no Orkut, em 2006
O grupo também participou de diversos festivais durante sua carreira, inclusive com o prêmio de melhor intérprete no FestUESB - Festival Universitário de Música, em 2008, com Formas e Invisível, em 2010. Em 2014 finalmente lançou seu primeiro álbum, com diversas participações de figuras carimbadas da cena independente local. Foram 13 faixas autorais, atualmente disponíveis para streaming nas principais plataformas. A sonoridade do trio reúne várias vertentes: em determinados momentos percebe-se a influência do rock brasileiro dos anos 80, lembrando Camisa de Vênus, Legião Urbana, sobretudo nos primeiros discos, mais inclinados ao punk, além dos grandes ícones do rock n' roll, como Chuck Berry, jovem guarda e, obviamente o rockabilly dos Stray Cats. Tudo isso com letras divertidas ou sérias, e bastante sinceras.

Atualmente a banda segue sua rotina de ensaios. Já possuem uma boa quantidade de novas canções que, ainda com um pouco de atraso, sairão no segundo disco, programado para marcar as comemorações dos dez anos de trabalhos. O início das gravações está previsto para este ano e deve seguir as tendências da música independente contemporânea, de transmissões ao vivo de ensaios e bastidores de gravações. Ouça abaixo o primeiro álbum na íntegra:




Abaixo, confira o videoclipe de O Misterioso Roubo dos Vinis, lançado em 2014, dirigido por Daniel Lisboa e Igor Souto, com o apoio de alunos do curso de Cinema da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, gravado em pontos conhecidos do centro de Vitória da Conquista. O clipe traduz muito bem o espírito da banda e apresenta cada integrante. Falamos um pouco sobre ele no episódio #005 do BLUEZinada! Podcast, com a participação de Diego Batista, um dos alunos colaboradores.


Links: Download do álbum | YouTube | Facebook | Twitter | Instagram | Spotify | Deezer

Contato: contatoladroesdevinil@gmail.com | (77) 98801-9362




...
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Publicado por I. Malforea

BLUEZinada! é uma zine produzida pela Distintivo Blue e distribuída gratuitamente, desde 2011. Saiba mais sobre a banda:

Nenhum comentário

Comente aqui embaixo:

Leia!

Ouça!

Assista!

Cat-5

Cat-6